A EMPRESA NÃO DIZ A VERDADE

                        Tatu na bronca

O SIMERJ reitera seu caráter de classe. O Sindicato é uma instituição dos trabalhadores, gerida por trabalhadores!

Portanto, quem decide somos nós!

Informativo de 06/08:

Os metroviários/as é que vivem um momento de grande dificuldade, e não o Rio de Janeiro, não a empresa ou os empresários. Estamos sendo torturados com a ESCALA da ESCRAVIDÃO, aguardamos salários melhores, tíquetes maiores, assistência médica de qualidade, melhores condições de trabalho.

Informativo de 07/08

Companheiras e companheiros, logo após a reunião do Colegiado, a direção ligou para o representante da empresa, Sr. Jorge, e lhe informou, detalhadamente, tudo que havia sido decidido com relação a assembleia.

Além disso, o edital: 1) foi publicado em nosso site na noite de sexta, dia 03/08; 2) colocado nos murais das estações e prédios na segunda-feira, dia 06; 3) foi distribuído Linha Direta especial para os trabalhadores com todas as informações.

O Metrô do Rio, como todo sistema de transporte público, tem lucro certo. Recebe pagamento à vista. Todos pagamos pelo serviço antes de usá-lo. Mas os trabalhadores só recebem os salários depois do mês trabalhado.

Muita cara de pau.

Mas não estamos surpresos com as mentiras. Mentem todos os dias. Dizem que somos colaboradores, mas decidem tudo sozinhos, sem nos consultar, demitem Pilotos, Bilheteiras, Seguranças e pessoal da Manutenção.

Assédio

O assédio no processo de votação está sendo violento e escancarado. Tentam intimidar os metroviários/as. Querem deter a luta, intervir no voto de cada um. Desrespeitam a nossa democracia, a nossa indignação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *